METAMOFORSEANDO

Um casulo

Escuro

Solitário...

Nova vida na mesma existência..

Mudando.

Renovando.

Beleza

Leveza

O Ar...

Alguém á prendeu!

Agora preciso..

Deixe-me voar..

As Borboletas não devem ser presas,

Por que se assim acontecer à morte as cobrirá.

Não corte minhas asas.

Preciso voar sozinha.

Preciso de liberdade...

Ela escapa.

E Estou voando e indo para onde o vento me levar..


METAMORFOSEANDO.




Sarah Jorge

3 comentários:

Anne disse...

Ola...

Ta lindo seu blog...

Lindo o poema!!!

Vou passar sempre por aki...

Beijo

Thatha disse...

Essa poesia é muito linda!
Adorei

Ariane Rodrigues disse...

Eu também adoro poesias e borboletas!!! O meu blog se chama Mariposando. É http://arianerodrigues.blogspot.com. Beijo!