Dupla Personalidade

A Dupla personalidade é uma séria doença, que deve ser respeitada como tal.
Esse tipo de doença psíquica é mais comum do possamos imaginar, deveria existir mais informações sobre isso, fica até dificil convercer alguém que aparenta sofrer desse mal, por causa do grande preconceito que a população em massa tem em relação aos psquiatras e/ou psicólogos, esses preconceitos primitivos devem acabar pa
ra que as doenças psíquicas fiquem mais fáceis de serem descobertas e curadas.
Os traumas sofridos por um individuo que sofre de transtorno de múltiplas personalidades, geralmente são traumas de infância, que ao meu ver, são os que mais marcam um ser humano.

[A responsabilidade de colocar um filho no mundo é muito grande, alguns fazem isso sem pensar e acabam criando pessoas traumatizadas, simplie
mente por que os pais não estavam preparados para educar um ser humano.]

È dificil saber quando alguém sofre desse transtorno, o importante, é que todos possam ver isso como uma séria doença e como qualquer outra necessita de um tratamento adequado.

Essa questão é muito complexa e abragente, nas minhas pesquisas achei esse site, que fala muito bem sobre isso.

Leiam..


Causas da Dupla Personalidade: Transtorno Mental

A dupla personalidade ou o transtorno de múltiplas personalidades atualmente é denominado como Transtorno Dissociativo de Personalidade.

Esse transtorno se tornou um diagnóstico oficial da Associação Americana de Psiquiatria em 1980.

Para este distúrbio dissociativo existem critérios específicos definidos no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV-TR, 2003), e registro na Classificação Estatística Internacional de Doenças (CID-10, 1993).

A principal característica do transtorno de dupla personalidade é a existência dentro do indivíduo de duas ou mais personalidades distintas, cada qual dominante num momento específico, encontram-se as chamadas personalidades alternativas, múltiplas ou alters.

Quanto às causas ou origens subjetivas para desencadeamento do transtorno de dupla personalidade encontramos uma dissociação anormal da consciência, ou um mecanismo de defesa resultante de agressões e abusos físicos, sexuais ou psíquicos, responsável pelo encadeamento das emersões-imersões das múltiplas personalidades.

O sujeito com transtorno de dupla personalidade ou transtorno dissociativo de personalidade apresenta vários agrupamentos mentais que podem ficar mais ou menos independentes entre si, sem que um ‘nada saiba’ do outro, e que podem se alternar entre si em sua emersão à consciência.

As pesquisas atuais mostram que para que a dupla personalidade seja desenvolvida num indivíduo é essencial que esta pessoa tenha sido acometida por traumas reais e severos, reincidentes e intermitentes.

Para essas pessoas, esses traumas tiveram papel fundamental no desencadeamento da dissociação da consciência e, conseqüentemente, na fragmentação do psiquismo.

Também diversas pesquisas mostram que o desenvolvimento da Dupla Personalidade está diretamente vinculado a traumas ocorridos antes dos sete anos de idade.

Dessa forma, a gravidade, a duração e a proximidade da exposição de um indivíduo ao evento traumático são fatores determinantes na probabilidade do transtorno.



Sintomas da Dupla Personalidade

Os sintomas do distúrbio de personalidades múltiplas ou da dupla personalidade, ou ainda transtorno de identidade dissociativa:

Os sintomas apresentados pelas pessoa que sofrem do transtorno de múltiplas personalidades apresentam-se a partir da dissociação de duas personalidades e pode chegar a casos escritos na literatura de pessoa com mais de 80 personalidades.

A média do transtorno de dupla personalidade ou de múltiplas personaldiades pelos dados correntes e registrados em todo o mundo é de aproximadamente 10 a 15 personalidades que se desenvolvem em pessoas com esse transtorno


Outros sintomas do transtorno de múltiplas personalidades podem incluir alucinações, amnésia e uma incapacidade de se concentrar.

Estes sintomas são semelhantes a alguns dos sintomas experimentados pelo esquizofrênico.

A principal diferença entre os dois é a manifestação de personalidades. Já que no esquizofrênico pode ter episódios extremos de comportamento ou humor, mas eles vão ser a mesma pessoa e estes serão os extremos de sua personalidade, enquanto que os extremos de um sofredor do transtorno de múltiplas personalidades serão completamente diferentes, com personalidades diferentes, aparecendo como se eles fossem pessoas completamente diferentes.


Fonte:
http://www.psicologiananet.com.br/tag/dupla-personalidade/
Nesse site você vai encontrar pesquisas sobre assuntos variados da psicologia.
E outras matérias interessantissimas sobre os Distúrbios de Personalidade.



Sarah Jorge

2 comentários:

CASSANDRA GAVA disse...

ADOREI SEU BLOG. JÁ ESTOU TE SEGUINDO!
BJS....

Mariane disse...

Tem uma simples homenagem para todos os blogueiros que visitam o Compartilhando Leituras! Quando tiver um tempinho passe lá para conferir!!!

;)