Tudo.



Leite, leitura
Letras, literatura,
Tudo o que passa,
Tudo o que dura
tudo o que duramente passa
tudo que passageiramente dura


tudo, tudo, tudo


Não passa de caricatura
de você, minha amargura
de ver que viver não tem cura.


(Paulo Leminski)



4 comentários:

Veronica disse...

Olá Sarah, linda poesia de {Paulo Leminski}
Parabéns pelo blog muito suave.
Estou seguindo seus blogs, te convido a conhecer
Meus blogs será um prazer excelente noite para você.

Asas que ultrapassam os domínios do Sol disse...

Sabe sarah,
fui ler sua postagem e reverberou em mim a frase "TUDO Q DURAMENTE PASSA". Ela me remete aos mais preciosos camihos que temos de deixar, dos quais não temos propriedade, mas que de alguma forma nos possuíram, não é mesmo? Como pode ser, se todos sempre dizem que ninguém e de ninguém, ou que nada é de ninguém! Como pode ser ... Pode ser quando eu me deixo cativar, enquanto o outro só se deixe experimentar! Generosidade é asa pro amor, muitos amores não decolam por isso.
Um abraço,
Sua amiga alada hilda (Belém)

stefanie_carvalhoo disse...

eu amei essa poesia nota 1000 ´pra vc ,vc é um otimo escritor!!!!!

BORBOLETAS disse...

Ola Sarah.
Pesquisando sobre o tema encontrei seu espaço.
Gostei muito daqui.
Felicidades.