Paz.


A leveza que me toca, vem e vai..
Como uma gaivota que plana livre,
Ela me leva além de mim, além daqui!

Por alguns segundos tudo parece pequeno, perto de tamanha grandeza.

A paz vem de dentro, como se brotasse do incio da eternidade.

Nenhuma tristeza chega..
Somente o azul envolve!

Uma imensidão, que me faz acreditar em Deus.

E então encontrei..
A fé.

2 comentários:

Lacey Mosley disse...

Bom, Sarah, como vou dizer, pareceu um momento de leveza no meio do caos que é a vida. Ter fé é muito mais dificil que se imagina. Mas na poesia isso não é necessario, é apenas poesia.

Parabens pelo blog, espero contribuir aui o máximo que eu puder!

;)

May Santos disse...

Lindo... Vc q escreveu...
Quando a gente lê, sente uma leveza, como se uma brisa nos tocasse...

Lindo seu blog, parabéns